Ideia para viver o Advento









Amados Catequistas, Vejam abaixo algumas idéias que poderão enriquecer muito os nossos encontros neste tempo de Advento. Conto com a disponibilidade e criatividade de todos.

Advento


o tempo de Advento é possível escolher alguma das opções que apresentamos a seguir para viver cada dia do Advento e chegar ao Natal com um coração cheio de amor pelo menino Deus.

1. Presépio e palhas:
Nesta atividade vai ser preparado um presépio para o Menino Deus o dia de seu nascimento. O presépio será elaborado de palha para que ao nascer o menino Deus não tenha frio e a palha lhe dê o calor que necessita. Com as obras boas de cada uma das crianças, vai preparando o presépio. Por cada boa obra que façam as crianças, fica uma palhinha no presépio até o dia do nascimento de Cristo.

2. Vitral do Nascimento:
Em algum desenho em que se represente o Nascimento as crianças poderão colorir algumas partes deste cada vez que façam uma obra boa para ir completando-o para o Natal.

3. Calendário Tradicional de Advento:
Nesta atividade as crianças eles façam mesmos um calendário de Advento aonde marquem os dias do Advento e escrevam seus próprios propósitos a cumprir. Podem desenhar na cartolina o dia de Natal com a cena do nascimento de Jesus. As crianças todos os dias revisarão os propósitos para ir preparando seu coração para o Natal. Este calendário poderão levar para a Igreja no dia de Natal se assim o desejarem. Sugerem-se os seguintes propósitos:

Ajudarei em casa naquilo que mais me custe trabalho.
Rezarei em família pela paz do mundo.
Oferecerei meu dia pelas crianças que não têm papais, nem uma casa onde viver.
Obedecerei a meus papais e professores com alegria.
Compartilharei meu almoço com um sorriso a quem lhe faça falta.
Hoje cumprirei com toda minha tarefa sem me queixar.
Ajudarei a meus irmãos em algo que necessitem.
Oferecerei um sacrifício pelos sacerdotes.
Rezarei pelo Papa.
Darei graças a Deus por tudo o que me deu.
Farei um sacrifício.
Lerei alguma passagem do Evangelho.
Oferecerei uma comunhão espiritual a Jesus pelos que não o amam.
Darei um brinquedo ou uma roupa a uma criança que não tenha.
Não comerei entre refeições.
Em vez de ver televisão ajudarei a minha mamãe no que necessite.
Imitarei Jesus em seu perdão quando alguém me incomode.
Pedirei pelos que têm fome e não comerei doces.
Rezarei uma Ave Maria para demonstrar à Virgem quanto a amo.
Hoje não brigarei com meus irmãos.
Cumprimentarei com carinho a toda pessoa que me encontre.
Hoje pedirei à Santíssima Virgem por meu país.
Lerei o nascimento de Jesus no Evangelho de São Lucas 2, 1-20.
Abrirei meu coração a Jesus para que nasça nele.

4. Os que esperavam a Cristo:
Nesta atividade se trata de conseguir fazer uma lista com 24 ou 28 nomes (dependendo do número de dias do Advento) de personagens do Antigo e do Novo Testamento que esperavam a vinda do Messias. Buscarão na Bíblia, desenharão os personagens e recortarão. Atrás, lhes colocarão o nome de quem é e o que disse ou fez este personagem. Pode-se utilizar como jogo.Alguns personagens que se podem incluir:

Abraão: Deus disse a Abraão que sua descendência ia ser numerosa como as estrela do céu e os grãos de areia do mar, e assim foi.
David: Deus disse ao rei David que o Messias ia ser de sua família.
Isaías: Deus disse ao profeta Isaías que o Messias ia nascer da Virgem.
Jeremias: Deus disse ao profeta Jeremias que quando nascesse o Messias, Ele ia dar aos homens um coração novo para conhecê-lo e amá-lo muito.
Ezequiel: Deus disse ao profeta Ezequiel que o Messias ia ressuscitar.
Miquéias: Deus disse ao profeta Miquéias em Belém ia nascer seu Filho.
Oséias: Deus disse ao profeta Oséias que do Egito ia chamar a seu Filho.
Zacarias: Deus disse ao profeta Zacarias que seu filho ia entrar em Jerusalém montado em um burro.
Homens Sábios ou Reis Magos: esperavam a vinda do Salvador dos homens.
Os pastores: Foram avisados por um anjo do grande acontecimento.




fonte  http://catequisarcomamor.blogspot.com


ABERTURA DO ADVENTO GRUPINHO DE ORAÇÃO E CATEQUESE

REFLEXÃO PARA O COORDENADOR: Que bom que nosso ano está chegando ao fim. É tempo de repensarmos nossa vida, de repensarmos nossa caminhada e depositarmos no colo de Jesus. É tempo de espera daquele que “adivir”. É tempo de advento. Devemos renovar nossas esperanças em Cristo Jesus. Vamos incendiar nosso grupinho com o fogo do Espírito Santo e fazer nosso coração desejar ardentemente pelo Menininho Jesus. É uma pena que muitas crianças nessa época do ano só pensam nos presentes e no papai Noel. Vamos em nossos grupinhos incentivar nossas crianças a esperarem pelo rei, pelo nosso salvador, por Jesus o seu melhor amigo.

• ACOLHIDA: Acolha as crianças com amor e alegria. Cante músicas alegres. Reze uma ave Maria e um pai nosso com gestos. Apresente cada criança ao coração de Jesus para que elas tenham um coração semelhante ao dele. Pode-se também começar brincando de com Jesus! Brincando de Com Jesus. Quando você disser “com Jesus” as crianças devem ficar em pé e gritar “oba!” Quando você disser “sem Jesus” as crianças devem sentar-se e dizer “AHHHH!!!” E fazer uma cara triste. Se repetir o sem Jesus deita e fica mais triste ainda. Durante a brincadeira estimule as crianças a entenderem que estar com Jesus é muito legal Com Ele temos paz, alegria, vida nova, esperança e muito amor. Sem Ele temos medo, tristezas, derrotas e angústias. O salário de estarmos sem Jesus é a morte. 

EFUSÃO: Mostre as crianças a figura de Maria e do Espírito Santo. Vocês sabiam que Maria foi visitada por um anjo? E ela ficou grávida do menino Jesus por meio do Espírito Santo de Deus. Maria foi a primeira mulher cheia desse Espírito. A vida dela mudou? Sim. Ele viveu em meio a uma comunidade. Quem aqui gostaria, a exemplo de Maria ficar cheio do Espírito Santo? Vamos então pedir que Deus derrame sobre nós esse Espírito e nos encha com seu amor, sua paz....

PREGAÇÃO: Oi amiguinhos que bom que já chegaram, que bom que vieram. Vocês estão felizes? Já sei, é por que o ano está acabando e vai começar logo, logo as férias, acertei? O que está chegando? O natal. O que a gente celebra no natal? O nascimento de Jesus. Quem está doidinho pra esse dia chegar logo? Eu também. Vocês sabiam que esse tempo de expectativa e de espera do natal é importante? Tem até um nome especial: é advento, que significa espera por Jesus que vai chegar.
Deus pai que nos criou olhou lá do céu e viu que nós estávamos precisando de uma grande ajuda. Muita tristeza e coisas erradas estavam acontecendo. Foi então que ele resolveu mandar seu filho Jesus para nos salvar, mas, ele precisava de uma mãe, de uma casa, de um lar para crescer. Podia ser qualquer mãe? Podia ser uma casa feia e toda bagunçada? Não! Deus pai escolheu uma mulher especial para ser a mãe de Jesus. Ela era fiel a Deus, era obediente e disse sim a vontade dele. Maria aceitou ser a mãe de Jesus. (Mostrar uma boneca com uma roupa semelhante a de Maria e colocar nela uma barriga de grávida, se possível com um bebê de massinha ou gesso dentro.) Pronto, Maria estava esperando um bebê, aquele que seria o Salvador. Ele estava sendo gerado ali na sua barriguinha, no seu ventre. Como será que ele estava lá dentro? Bem quentinho e protegido. Era parecido como esse bebezinho aqui. (Tire o bebê da barriguinha da boneca e mostre as crianças.) Olha gente ele já tinha mãozinha, pezinho, o coração já batia. Como Jesus nós também já fomos pequenininhos assim. Para muitos de nós a mamãe cantava, contava histórias e será que a gente ouve dentro da barriga da mamãe. O que vocês sabem sobre isso? (deixe que eles contem para poder serem curados nessa fase da vida) Esse mesmo menininho Jesus quer nascer de novo. De novo?? É. Todo ano no advento Jesus fica pedindo para a gente deixar ele viver em nossas casas, em nossas vidas.É por isso que esse tempo é tão importante. Você tem uma casinha pra ele? Onde? E essa casinha está limpinha? Como você vai preparar para acolhê-lo. Naquela época as pessoas não deixaram Jesus nascer em suas casas e ele nasceu numa manjedoura (mostrar imagem do presépio), não era uma casa grande e enfeitada, mas era um lugar cheio de amor. Hoje ele quer nascer no seu coração, você deixa? Para isso temos que prepará-lo. Sabem como mantendo firme na oração e tirando todo o pecado de dentro dele. Vamos contar pra Jesus que hoje nós tomamos a decisão de deixar ele morar em nós. Conduzir um momento de oração convidando Jesus para nascer.: Jesus aqui sou eu .......(falar o nome) eu quero te apresentar meu coração como morada. Eis aqui tua casinha. Ela ainda está suja Senhor mas quero me comprometer a arrumá-la para te esperar. Quero muito que o Senhor me escolha e nasça em meu coração.Amém

LOUVOR: Louvem a Deus por tudo que ele é e faz em nossas vidas, em especial por nos dar seu filhinho Jesus para ser o nosso rei e nosso salvador. Agradeçam por seu imenso amor e por nos dar a chance de sermos morada para Jesus neste natal.

ATIVIDADE SUGERIDA: 

  •  Uma idéia legal é fazer um bebê de massinha com as crianças para que elas levem para a casa a idéia de que um bebê vai chegar e precisa de uma casa para morar. Corte um papel vermelho em forma de coração para servir de amparo para colocar o bebê de massinha. (ressaltar que um bebê está por vir e quer morar em nosso coração).
  •  Se preferir pode levar o desenho de um bebê para que eles coloram e façam com papel duro o coração. Coloque um suporte (retalho de EVA, tampinha, botão,...) nas costas do bebê, para que o desenho fique mais alto que o coração.
  •  Outra sugestão é fazer um bebê com isopor. Cada criança confeccionará o seu. Você precisará de: bolinha de isopor, tinta,lã, retalhos de tecidos ou TNT, cola quente. Pinte uma bolinha para fazer a cabeça com a cor de pele. Para o cabelo pode-se usar lã ou retalhos de EVA. Enrolar um pedaço de pano, como fazemos com as mantas nos bebês fazendo assim seu corpinho. Criar uma manjedoura com caixinhas de papel (de sabonete, remédios...). Enfeitar.
  • Uma sugestão de lembrancinha para ser dada as crianças é um enfeite de porta da Sagrada Família. Vamos estimular as nossas crianças a trocarem os enfeites de papai Noel pela Sagrada Família, pelos anjos, por enfeites de velas que representam a luz que é Cristo. Segue abaixo os moldes para você confeccionar. Estes podem ser feitos de EVA ou papel cartão. Se preferir pode montar com as crianças, mas lembre-se que terá que levar tudo cortado para dar tempo de montar.

Não esqueça de colar um anel no verso para pendurar o enfeite na porta.

ORAÇÃO FINAL: Peça que as crianças façam sua oração e em seguida todos rezam juntos o pai nosso. Estimule-as a continuar a oração da dezeninha do terço em casa. Proponha que façam pelo menos uma vez na semana junto com seus pais.





FONTE http://rcccriancauberlandia.blogspot.com

OS DOIS REIS!!




preparar a história comparativa de dois reis. se possível prepare imagens para ilustrar a história a medida que a contar. Se quiser pode fazer dramatizando: um rei com coroa e luxuoso e o outro vestido como Jesus. Pode levar uma coroa e fazer em forma de eleição. Dizer que irá apresentar dois reis e as crianaças devem prestar atenção e eleger um para receber a coroa.)

Era uma vez dois reis que viviam em lugares diferentes. O primeiro rei vivia num castelo enorme com enfeites de ouro e criados para todos os lados. Ele era muito rico, vestia-se bem. Andava em carros luxuosos e todos faziam tudo que ele queria. Era arrogante e ensinava tudo sobre seu orgulho, sua vaidade e quanto adorava o dinheiro e a luxuria.Cobrava impostos e explorava os mais humildes.O segundo nem parecia rei. Andava de sandália no meio do povo, se vestia de forma simples e vivia no meio dos pobres. Não tinha coroa e tudo que possuia era dividido com os outros.Não cumulava bens e ensinava em todos os momentos as pessoas a viverem no amor. Ensinava o perdão e a unidade. Sabem qual era seu automóvel? Um jumentinho que nem era seu.
O primeiro rei morreu e ninguem se lembra mais dele. O segundo venceu a morte e vive até hoje no meio de nós. Este rei por amor a nós deu-nos sua vida para nos salvar. Ele quer ser rei de nossa casa, da nossa família,das nossas crianças... Vocês querem deixar este rei reinar em sua vida.

(essa é uma simples sugestão você pode melhorá-la e escolher a melhor forma de apresentá-la).


http://rcccriancauberlandia.blogspot.com




JESUS REI JUSTO!!!







Evangelho - O rei justo.

Técnica: Apresentação de objetos sobre a mesa focalizando as partes principais da história, como uma porta, os personagens sendo fantoches manipulados na mão.

Personagens: Rei Justo – Amigos oportunos – pobres – jardineiro – cozinheira do castelo.

Era uma vez, um castelo...Um rei...Uma história!

Seu nome Rei Justo. Esse rei famoso era muito rico e era rodeado de amigos...

Um dia ele resolveu:

_Já sei! Vou dividir todo o meu reino com aqueles a quem eu amo, os que me servem, os meus amigos verdadeiros.

O rei Justo está decidido a dividir tudo. Mas como é que Rei Justo iria saber de fato quem eram os seus amigos, aqueles que o serviam de coração. 
Então o que ele fez? Ah, Ele teve uma idéia genial! Iria contar aos amigos que ele se tornara pobre e nada mais tinha, nem tesouros, nem terras e nem riquezas. E aquele que o acolhesse, mesmo, que na sua pobreza, este sim! Esse mereceria parte de seu reino.

O rei dizia:

_ Assim, saberei exatamente quem são aqueles que me amam sem interesse no que eu possa dar a eles.
Com isso, escolherei os que se sentarão ao meu lado e, com quem repartirei os meus tesouros.

Então, o rei se vestiu de pobre e a notícia se espalhou por todo o reino:

_ “O rei justo está pobre, sem aquela pompa de rei, despido de toda riqueza e poder, mas simples e humilde, como é seu coração.”

Foi aí que começou a confusão! Aqueles que se diziam seus amigos começaram a se afastar, tinham desculpas esfarrapadas para o Rei não ajudar. O Rei se viu sozinho e pôs-se a caminhar, procurando por homens de bem, a quem tudo Ele iria dar.

Pelo caminho ele foi assaltado. Levaram tudo. Deixaram-no nu. Coitado!

Ali na estrada, sem roupa e sem destino, ele ficou e muitos de seus ex-amigos passaram mas fingiram não conhecê-lo e continuaram seu caminho.

O pobre rei ali sozinho ficou triste e solitário. E sentiu que no seu reino as pessoas não tinham espírito solidário.

Foi nesse instante que surgiu o Januário, aquele jardineiro manco, que reconheceu o rei e deu o manto a ele.

Então o rei sorriu e sentiu esperança. Quem sabe se neste reino tão grande haja mais Januário para acolhê-lo? Isto tudo he despertou segurança.

O Rei sentiu fome e se lembrou do amigo Benedito, aquele que se fartava em sua casa, quando era rico e tudo tinha. Este sempre fazia companhia ao rei.

O rei bateu forte à porta da casa do amigo. Ele logo veio atender, mas quando o viu maltrapilho, logo quis saber:

_ O que é que você quer?

_Peço pão! Tenho fome! – disse o Rei.

_Pois hoje não tenho nada e não quero vê-lo mais, se coloque na estrada e não volte nunca mais

Aí, crianças! Aquilo bateu forte! O rei não esperava por isso e pôs-se a bater nas portas dos amigos que ele achava que tinha, mas qual não foi sua surpresa, nenhum deles o atendia!

Então ele teve sede e fome e sentou-se em uma ponte, onde estavam outros. Viu no meio deles uma criança pobre que lhe trouxe pão ao reconhecê-lo mostrando-lhe compreensão. A criança chamou os outros e contou-lhes sobre o rei Justo, que a todos amava e que no tempo de seu reinado: pão nunca faltava.

O rei se alegrou por eles o haverem reconhecido e fez festa com eles, porque o haviam acolhido.
Mas, quando estavam festejando, eis que chegam soldados e vendo tanta gente à toa, foram empurrando e levando todos pra prisão. Lá para o fundo da masmorra.

O rei, ali sozinho, pensou em todos aqueles que encontrou em seu caminho. Ficou triste porque viu tanta pobreza...Ficou triste...Porque viu tanta injustiça...Ficou triste...Porque viu tanto desamor...

Então, o rei ficou doente e a notícia se espalhou, mas os amigos, aqueles que viviam no bem bom, não vieram visitá-lo na prisão.

Dona Maria, cozinheira, que mora lá na favela, juntou-se ao Chiquinho, o padeiro e o vizinho, tudo gente simples e foram à prisão visitar o rei. Levaram uma sopinha pro coração do rei esquentar e renovar suas forças pra poder lutar.
Então o rei viu que valera a pena seu sacrifício, pois existia no meio de seu povo, muita gente boa que acolhia e que amava o outro.

O rei tomara então a decisão. Voltou ao seu cargo e mandou um recado a todos do reino, que ele havia voltado e recuperado todos os seus tesouros.

E olhem só quem veio dar as boas vindas? Os ex-amigos que lhe bateram a porta, que o expulsaram de suas casas...

Aqueles que não o acolheram...

Rei justo disse a todo o seu reino:

_Hoje, a justiça entrará em minha casa e nesse momento separarei entre vocês, aqueles que merecem uma parte de tudo que tenho: Terras, tesouros e riquezas.
Todos se colocaram à frente, queriam receber algo do rei, aqueles que na vida não o souberam acolher.

O rei , porém, Justo como era, chamou os pequeninos, aqueles que o acolheram no caminho e os colocou à sua direita e lhes deu toda à sua riqueza.

Ah, crianças! Os outros então disseram:

_Por que deu a eles e nada deu a nós?

O rei então respondeu: 
_Eu estive nu e não me vestistes; eu estava com fome e não me destes de comer; eu tive sede e não me destes de beber; eu estava necessitado e desabrigado e nas usas casas não me acolheram; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar. Pois, agora, no meu reino, pra vocês, não tem mais lugar!
Quero que vocês saiam e nunca mais voltem a me amolar. Pois em verdade...Em verdade...Eu vos digo...Se não souberes me acolher e nem a esses a quem tanto amo, o castigo de vocês será eterno enquanto os justos, esses pequeninos que souberam amar o próximo no mundo, irão ter o reino de justiça e amor para a vida eterna ao meu lado. Esta sim é a minha justiça.
E se alguém me ama guardará a minha palavra e os meus mandamentos



VAMOS TOMAR MAIS CUIDADO COM QUE FALAMOS E CANTAMOS PARA NOSSAS CRIANÇAS



CONVERSA ENTRE DUAS CRIANÇAS DO SÉCULO XXI no berço!!!

- E aí, véio?
- Beleza, cara?


- Ah, mais ou menos. Ando meio chateado com algumas coisas.

- Quer conversar sobre isso?


- É a minha mãe. Sei lá, ela anda falando umas coisas estranhas, me botando um terror, sabe?

- Como assim?


- Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém?


- Nunca.


- Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça? E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou adotado, cara?

- Como assim, véio?


- Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão
 de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode!
- Calma, maninho. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas.


- Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe.
- Tipo o quê?


- Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano!

- Caramba! Mas por que ela fez isso?


- Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato não morreu.

- Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara.
- E sabe a Francisca ali da esquina?

- A Dona Chica? Sei sim.

- Parece que ela tava junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, admirada vendo o gato berrar de dor.

- Putz grila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa que não dá pra entender.

- Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe mesmo... Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse feliz por ter feito essa
 selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela não gosta muito de mim. Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta. Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora.

- Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho.

- Mas é ruim saber que o casamento deles não está dando certo... Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de
'Anjo'. E ela disse que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele passar desfilando e tal.
- Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.


- É. só sei que tô cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo, ela disse que a vizinha cria perereca na gaiola... já viu...essa rua só tem doido...
 

- Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?


- é mesmo! Tô ferrado de qualquer jeito




TEATRO CRISTO REI!!


Teatro Cristo Rei


A imagem de Cristo Rei vai estar num lugar bem visível. Entra duas crianças com uma caixa, na qual está a coroa.

LUIS: Eu fiquei responsável de coroar o Rei, mas eu não sei quem é; -Será que é o Roberto Carlos.

(Nisto entra um menino vestido de Roberto Carlos pega o pedestal e toca um trecho da musica: - Emoções) e sai.

PEDRO: Não é esse Rei.

LUIS: Já sei deve ser o Pelé.

(Toca a musica –È camisa Dez da seleção e um garoto fazendo embaixadinhas e sai)
PEDRO: Esse também não é o Rei


LUIS: Ah! Já sei é o Elvis Presley.

(Toca uma musica do Elvis, entra um menino com guitarra dança e sai).

PEDRO: Você não sabe de nada mesmo. Deixa eu te explicar.
 Jesus não era como o Roberto Carlos, que canta canções que fazem as pessoas se emocionarem.
Mas as palavras de Jesus tocavam no fundo do coração de quem as escutava.

 Jesus não era como o Pelé, que fazia gols brilhantes.
Mas Jesus fazia com que o amor brilhasse no coração das pessoas.

 Jesus não era como O Elvis Presley, que levava milhares de pessoas para verem os seus shows.
Mas com certeza, Jesus levou milhares de pessoas a encontrarem a vida nova. 
Por isso temos mil motivos, para coroar o Nosso Rei Jesus.

(Tocar musica para coroação)

fonte http://catequesecatolicajc.blogspot.com

100 SEGUIDORES DO BLOG !!!!!!!!!!!


QUE ALEGRIAAA!! Estou super contente, quando eu e meu filho montamos este blog, jamais podeira imaginar que alcançaria, o que este blog alcançou e tem alcançado, só tenho agradecer  DEUS por ter permetido, que tudo isso aconteçeu, muitas benças foi alcançadas, muitas pessoas que de longe tem em ajudado com teus carinhos e atenção, Gente muito obrigado estou emocionada de verdade nem sei direito o que escrever, realmente meu coração esta em festa..rsrsrs

MUITO OBRIGADA A VCS QUE JUNTO COMIGO ATRAVÉS DO APOIO E COMENTARIOS  TEM AJUDADO A FAZER ESTE BLOG!!BJAÃOOOOOOO!!!!!!!!!

ENCONTRO DA CATEQUESE SÃO JOAO BATISTA

Fizemos na comunidade São João Batista um encontro com as crianças que vão fazer a 1 comunhão dia 20 de novembro, muita alegria..



MAIS E MAIS ARVORES DE NATAL




Olha esta de caixa de ovos lindaaaaa.




Esta daqui da para por as fotos das crianças



Esta achei o maximo, dá  para pedir para cada criança desenhar as mãos, e juntos na unidade formar uma arvore de natal

PRESÉPIOS MODELOS






AVORE DE NATAL DE GARRAFA PET


Veja o passo a passo da árvore de natal com garrafas PET. Bem genial, fácil e barato, além de ecologicamente correto. 1º PASSO:Pegue uma garrafa pet lavada e bem limpa de preferência na cor verde (tipo guaraná antártica de 2 litros). Em seguida, com a tesoura corte o fundo da garrafa seguindo a marquinha que existe na própria garrafa para facilitar um corte perfeito.  2º PASSO: Corte a garrafa em tiras com aproximadamente 1,5cm de largura até o fim do gargalho da garrafa. Depois arrendonde as pontas com o auxílio da tesoura cada tirinha cortada.  veja foto abaixo:  3º PASSO: Com cuidado utilize um vela. O segredo da árvore está no efeito que ela vai produzir passando cada tirinha na vela. ATENÇÃO: Segure bem, a medida que vai passando na vela para ela não enrrugar muito (senão ela vai encolher, além do necessário). Dê um espaço aproximadamente de 2,00cm a cada passada de vela (fazendo um movimento pra cima e pra baixo com movimentos rápidos, como se fosse um vai e vem) até dá um tom escuro nas tirinhas cortadas da garrafa pet. Depois de feito esse processo, o tamanho da sua Árvore de Natal vai depender da quantidade de garrafas utilizadas, consequentemente quanto mais garrafas utilizar maior será a sua árvore de natal. Observe: Na foto usei uma garrafa pet cortada ao meio e pintada com tinta spray dourada, onde passei um cano de ferro enchendo no interior da pet de argamassa, fixando junto com o fundo do vaso. Em seguida, decore ao redor da base onde fixamos o cano com festão.  Para encaixar as garrafas, cortadas e passada na vela. Vá encaixando uma a uma no cano. DICA: No final da árvore (ou melhor no ápice da sua árvore corte garrafas menores de 1,00 litro para ir diminuindo o tamanho e dando forma a sua árvore pet. Em seguida, aplique os enfeites de natal que desejar.(bolas, pisca-pisca, fitas, laços, cabelo de anjo, etc..) 
Lembre-se: O tamanho vai depender da quantidade de garrafas utilizadas. Como base na minha ÁRVORE (na foto) usei 35 garrafas pet para um tamando de 1,20m aproximadamente.


FONTE http://ajudantedaarte.blogspot.com

guirlanda

Guirlanda de Natal

Materiais:
Placa de EVA Kreateva de 2 mm de espessura nas cores: vermelho metalizado, branco atoalhado, amarelo grafiato, caramelo, vermelho com detalhes de estrelas, pele, azul claro, preto, verde grafiato, rosa metalizado, dourado.
Cola Instantânea Amazonas
Lápis preto;
Tesoura Simples e tesoura para picote;
Maquiagem;
Caneta permanente 1,0mm e 2,0mm Toke e Crie
Tinta Relevo Branca Glitter
Ráfia palha para fazer laço;
Apliques de letras pequenas na cor amarela;
Manta acrílica;
Argola simples;
Moldes.
Passo a passo:
1. Transfira os moldes para as placas de EVA Kreateva, com auxilio de um lápis;
2. Recorte as placas com a tesoura, seguindo os moldes;
3. Faça dois círculos com 15 cm de diâmetro e com outro circula vazado com 10 cm de diâmetro, cole as laterais uma sobre a outra deixando alguns lugares abertos para poder fazer o enchimento com a mata acrílica;
4. Em seguida comece a montar a sagrada família conforme os moldes;
5. Faça uma faixa com e.v.a. metalizado rosa e com os apliques de letras escreva NOITE FELIZ, sobreponha sobre o e.v.a. preto para ter um fundo;
6. Centralize a família sagrada dentro do circule e cole com cola instantânea ou adesivo de contato;
7. Em seguida cole o laço de ráfia, e na parte de cima cole a plaquinha que está separada;
8. Faça uma pequena tira com e.v.a. vermelho decorado com estrelas e dobre envolvendo a argolinha e cole na parte de trás.
9. Sua guirlanda esta pronta e preparada para enfeitar a sua casa ou de seus amigos.
Veja os moldes





http://www.enfeite.net

"ADVENTO" é tempo de espera


"


ADVENTO"
 
é tempo de espera
 
Maria esperou tanto o nascimento do seu filho, o filho de Deus, o Salvador

Deus esperou tanto pelo encontro pleno com a humanidade, sua criação, através de Jesus, seu filho enviado.



Advento é o tempo de quatro semanas que antecede o natal.
Quando nos preparamos espiritualmente para rememorar e celebrar a vinda do menino Jesus,
a vinda de Deus criança,
 Deus humilde,
Deus humano.


É o tempo reservado em nossa vida para parar e

refletir,meditar,
cantar e recontar
a história do nascimento do Menino Jesus

É o tempo para pensar sobre o sentido da nossa vida, fé e esperança 
Esperamos renovação na vida pessoal, familiar, social, econômica... porque acreditamos no poder e na promessa de Deus, quando enviou seu filho ao mundo.

Deus se humanizou, tornou-se criança pequena e humilde, para encontrar acolhida em meio ao seu povo, e aproximar-se de maneira mais sublime de suas criaturas




É um tempo em que muitas luzes são acesas nas casas e ruas, revelando o grande desejo humano de luz ,
 
acendendo a sensibilidade e
o desejo de que essa luz  se transforme em vida abundante


É um tempo em que as pessoas se sensibilizam,  alegram-se, abrem-se à comunhão, ao amor e ao perdão.
Tempo em que Deus nos convida a buscar um lugar, a lutar por acolhida, como Maria e José que bateram de porta em porta.




Tempo de oferecer hospitalidade e acolhida ao semelhante.
Hospitalidade e acolhida também de novos valores, pensamentos
e referenciais;

Acolher Deus, acolher  paz, anular a violência, o medo e o rancor.








 Que o tempo de advento nos prepare para voltarmos ao que é mais pleno e puro na vida desejada por Deus.
 



http://angelacx.multiply.com